sábado, 12 de janeiro de 2013



Abra o seu coração para a leveza da vida, não se contamine, descubra aquilo que tira o peso de suas costas e coloca sorriso em seus lábios.

Se livre de coisas que não usa e das coisas que sabe que não irá mais usar.

Jogue fora os sentimentos que não te acrescentam e só tiram o brilho dos seus dias.

Se afaste de quem nunca acrescentou ou pouco acrescenta em sua vida.

Valorize o seu tempo invista em coisas e pessoas que a cada gesto reforçam em você o motivo de tê-las por perto.

Libere seu coração, desobstrua seu caminho, deixe o amor entrar.

Seja o que é de melhor, busque dentro de você sonhos que queira realizar e dê um passo em direção a eles, mas acima tudo deixe as pessoas se aproximarem, muitas podem ser surpreendentes e trazerem dentro de si um mundo novo de coisas que vale a pena conhecer.

Seja você no mundo um raio de luz, um toque de esperança que acrescente e valha a pena ter por perto.

Uma flor que desabrocha, ilumina e alegra a vida.

AE.12/01/2013

#coisassimples

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

A felicidade das pequenas coisas



Com o tempo cheguei à conclusão de que a felicidade se encontra em pequenos instantes que colecionamos ao longo da vida.
Pequenos momentos que validamos segundo a importância que cada um deles tem para nós e reconhecê-los é fundamental para que a cada vez que eles acontecerem sejamos capazes de identificar a alegria contida ali.
Ver o Toni e a Lilica (meus gatos) brincando e fazendo carinho um no outro faz com que eu entre em estado de absorção, a vida se enche de graça ao perceber como eles aproveitam o que é simples para serem felizes e mostram como poucos e fundamentais cuidados fazem a diferença e nos permite ter verdadeiros companheiros.
Comer cachorro-quente muda o meu dia, não o faço todos os dias por não ser tão saudável, mas é quase terapêutico quando me permito, quando eu preciso de um carinho meu. Ingredientes tão simples que alimentam a minha alma.
Almoço em família. É aconchegante quando percebemos em nós traços de pessoas que nos acompanham antes mesmo de nascermos e somos capazes de passar muito tempo juntos rindo de acontecimentos que só nós entendemos.
Beber vinho, ouvindo música e cozinhando, um dos meus passatempos favoritos e que já me renderam muitas e boas histórias para contar.
Ler e assistir filmes, se possível de romance, adoro sentir a emoção que está contida nas entrelinhas, da força desse sentimento que é capaz de mudar o mundo, talvez eu seja inocente pensando assim, mas a capacidade do ser humano, pra mim, é sempre maior do que aquela que eles acham que têm.
Andar de moto. É como se fosse me dado asas artificiais, que faz com que eu sinta a leveza que a vida tem, através do vento que toca a minha pele, do sol que me aquece e das belezas que sempre me pegam de surpresa quando olho o retrovisor.
Caminhar . Sentir o corpo todo em pleno funcionamento, digno de gratidão pelo simples, mas não menos importante, faro de senti-lo perfeito e funcional.
Os sorrisos das trocas diárias que fazem parte do dia-a-dia, por identificar coisas corriqueiras no convívio com as pessoas que fazem parte da minha vida no trabalho e em casa.
Aos grandes amigos de longa data que sempre que nos encontramos temos a sensação de que não passou um dia sequer e que a cumplicidade é tamanha que nos dá a real dimensão da importância da vida dessas pessoas para nós.
A conquista das metas diárias que nos levam gradualmente ao futuro que almejamos e, nos dão a sensação de utilidade e sentimento de valer a pena todo conhecimento adquirido.
As flores que desabrocham a cada dia e revelam força e cores, que me ensinam e me inspiram a seguir, sempre.
Ao amor verdadeiro, digno e real que me motiva a ser sempre uma pessoa melhor, para que eu te reconheça ao te encontrar.
E assim, com a simplicidade desses sentimentos, desejo a todos nós mais um ano de saúde e realizações, e que você seja capaz de identificar e aproveitar as suas pequenas coisas.

AE.02/01/2013