quarta-feira, 19 de junho de 2013


E eu te digo: o mundo é pequeno demais para o tamanho das mentiras que contou. A verdade cedo ou tarde aparece. Foi o que aconteceu.

AE.19/06/2013

domingo, 9 de junho de 2013


Para que o amor permaneça ele precisa diariamente ser construído, moldado, lapidado. Assim como nós e não apenas a mim. Construir juntos significa em igualdade não o imaculado e confiável no seu pedestal apontando e tratando o outro como marionete cega e surda sem senso crítico próprio.
Você já parou para pensar que aos meus olhos  talvez você não seja tão perfeito e digno de confiança quanto pensas que é?!
Não adianta ainda ter o que dizer - paredes não são erguidas sem alicerce, sementes não germinam em solo infértil - é preciso atitude.
Para que se siga por algum caminho, antes primeiro precisa-se decidir que rumo tomar, seguindo na mesma direção ou em direção opostas e com a certeza de que independentemente do caminho que se siga de alguma forma se pode ser feliz e seguir juntos.

AE.09/06/2013

sexta-feira, 7 de junho de 2013


Eu acho bonito quem é capaz de amar pelo que é através do sentimento por outro alguém.
Acho sublime quando eu vejo empenho em palavras, mas, sobretudo em atitudes que são capazes de revelar e fazer crer no que se traz na alma.
Não é necessário rótulo algum, o que o torna real é o comprometimento que vai além, pois ele não é somente com a outra pessoa, mas sobre tudo consigo mesmo, embasado apenas pela força do sentimento verdadeiro que há em si. Algo que muda a ti, ao outro e o mundo. Nada mais é igual, tudo tem outra cor, outro brilho, até mesmo a tristeza ou desânimo que em alguns momentos encontram energia no que há em você e se restauram.
Duas pessoas, muitas vezes perto, talvez, nem sempre ou até mesmo nunca perto... Sempre com objetivo de crescer e ao longo da travessia dividir seja lá o que for para estar junto e de alguma forma conhecer o que há na essência um do outro até que tudo possa ser como se quis... Fortes e unidos.
Eu vejo isso acontecendo, e vez ou outra me emociono por saber que no mundo existem pessoas que não se perdem em brevidades, que acreditam no que há de maior e mais gratificante, em um sentimento que é capaz de transcender aos percalços e ainda fazer acreditar que acima de tudo o que se sente pode ser vivido da forma única pela qual dois corações se reconhecem.

Poucos os que identificam o amor, e raros são aqueles que têm coragem e disposição para vivê-lo.

AE.07/06/2013